Tags

, , , ,

A Fantasia firmou parceria com a Disney Company Brasil e busca franqueados em todo o país

Por Thiago Cid ReproduçãoMundo de fantasia: a empresária Danielle Lyra fez uma parceria com a Dinsey para montar sua rede

A empresária Danielle Lyra tem o sonho de criar um pedacinho da Disney no Brasil. Ela não vai inaugurar um parque de diversões, mas quer ser a pessoa que mais vende bonecos do Mickey e outros produtos com os personagens infantis. Idealizadora da franquia Fantasia nome de um dos filmes mais emblemáticos da Disney , ela procura interessados em expandir o negócio por todo o país.

A empresa foi inaugurada em 2010, mas apenas em março deste ano terminou de ser formatada para rede de franquia. O formato das lojas Fantasia, por enquanto, é de quiosque de 6 m². São unidades que, pelo tamanho e linha de produtos, são muito atraentes para os shopping centers, diz Danielle. O quiosque também agradou à Disney, que não tem nenhuma loja nesses moldes.

A relação entre a rede e a marca americana é de parceria. A Disney possui lojas próprias em diversos países do mundo, mas nenhuma na América Latina. Segundo Danielle, foi fechado um acordo de apoio com a empresa americana, que se comprometeu a não abrir nenhuma Disney Store no Brasil. A Fantasia não tem exclusividade de venda de produtos Disney, uma vez que eles são licenciados a centenas de fabricantes e podem ser vendidos em qualquer loja. Mas ela é a única empresa, diz Danielle, com apoio formal da marca, que inclui treinamento e consultoria com profissionais da Disney e indicação de fornecedores de produtos.

A empresa tem metas agressivas de expansão. Para isso, conta com a ajuda do sócio de Danielle, Aires Diógenes, consultor especializado em franquias. Atualmente, nove quiosques estão em operação. Até o fim do ano, outros 32 serão inaugurados. Com os lançamentos, a rede espera faturar R$ 8 milhões neste ano. Para o próximo, a expectativa é de ampliação para 120 unidades e faturamento de R$ 50 milhões. Em 2012 também podem ser inauguradas as primeiras lojas convencionais da rede.

A Fantasia nasceu da paixão da família de Danielle pela Disney. Com o marido e as três filhas, ela costumava ir anualmente aos parques na Flórida. Em 2009, durante um evento chamado Disney Day, que treina pessoas para fazerem negócios com a marca, o marido de Danielle sugeriu a abertura de uma loja temática. O casal entrou em contato com a Disney e, após um ano de negociações, a Fantasia foi fundada.

Para os interessados em ingressar na rede, o investimento inicial é de R$ 180 mil, incluindo taxa de franquia, royalties, o quiosque e o estoque inicial.

Quanto custa ter uma franquia Fantasia

Tipo de negócio Venda de produtos Disney
Data de fundação da empresa Junho de 2011 (franquia)
Investimento inicial a partir de R$ 190 mil
Taxa de Franquia R$ 50 mil
Royalties Incluso no preço dos produtos
Capital de giro R$ 30 mil
Taxa de publicidade Inclusa no preço dos produtos
Faturamento médio mensal R$ 50 mil
Lucro líquido de 10% a 20%
Prazo médio de retorno do investimento 18 meses
Prazo de contrato 48 meses
Regiões de interesse Brasil
Área mínima da unidade 6m²
Funcionários 5 por loja
E-mail contato@fantasia.com.br
Site www.fantasia.com.br
Telefone (11) 3742-9966

http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI267031-17180,00-REDE%20DE%20FRANQUIAS%20APOSTA%20EM%20QUIOSQUE%20DE%20PRODUTOS%20DISNEY.html

Anúncios