Tags

, ,

Meio & Mensagem – 06/06/2016

Um concorrente de peso do Uber na América Latina começa a operar em São Paulo nesta segunda-feira, 6. A espanhola Cabify inicia suas atividades com foco em segmentação como explica Daniel Velazco Bedoya, head de operações e logística no Brasil. “Nossa expansão vai ser passo a passo, nós nos assemelhamos em vários pontos com o Uber, mas o mercado tem espaço para vários players e isso significa que é possível atuar em segmentos distintos”, diz Bedoya.

concorrentes_uber

De acordo com o executivo, o serviço oferecido inicialmente é o Cabify Light, uma espécia de Uber X, categoria com preços econômicos. A Cabify foi criada em 2011 na Espanha e já atua no Peru, Chile, México e Colômbia. Em maio, recebeu aportes de US$ 120 milhões da Rakuten, multinacional de comércio eletrônico do Japão. Um dos diferencias da Cabify será a proximidade com as prefeituras para discutir políticas que melhorem o ambiente regulatório para o serviço, diz a empresa.

A Cabify cobrará do passageiro uma bandeirada de R$ 3 e mais um valor por quilômetro rodado, sem levar em conta o tempo da viagem. A chegada da empresa foi possível após a Prefeitura de São Paulo ter regulamentado, em 10 de maio, o uso de aplicativos de transporte individual no município, após muitas discussões e o adiamento, algumas vezes, do processo de votação. A decisão foi recebida com protestos por parte de taxistas e celebrada pelo aplicativo Uber. Ficou estabelecido que, a partir de agora, os motoristas individuais poderão atuar na cidade desde que paguem taxas e respeitem regras.

cabify

Em março, a startup WillGo também anunciou início das operações no Brasil. Sua estratégia será a flexibilidade de opções que inclui, além dos sedans de luxo, veículos pequenos, sedans comuns, blindados e até motos para eventuais entregas de documentos e objetos. Outra empresa que já atua no Brasil é a BlaBlaCar. Criado na França em 2006, o serviço está capitalizado em US$ 300 milhões para investimentos em novos mercados. Outro grande nome de interesse no Brasil é a Lyft, um dos maiores concorrentes do Uber nos Estados Unidos que, em janeiro, recebeu US$ 500 milhões em investimentos da General Motors

http://www.proxxima.com.br/home/proxxima/2016/06/06/concorrente-do-uber-comeca-a-operar-em-sp.html

Anúncios